janeiro 25, 2008

Associações de ideias que eu vou fazer pelo resto da vida

O Eusébio faz hoje 66 anos. É importante (para ele) porque teve um ataque cardíaco (ou coisa que o valha) o ano passado. E isto só me lembra que, quando teve o tal ataque cardíaco, ele estava no quarto ao lado da minha Mãe, no Hospital da Luz, acabadinho de abrir, se bem se lembram.
Todos os dias, quando eu chegava a 200 à hora por ali adentro, havia sempre um negão enorme, com cara de secreta, que me barrava a passagem e me perguntava (todos os dias...) Quem é você?, ao que eu respondia (óbvio!) E o que é que o senhor tem com isso? (sempre muito educadinha...). E lá me deixavam passar, sim!, que eu ameaçava sempre fazer queixa à direcção do hospital. Todos os dias!!!

Andámos nisto, eu e a minha família inteira - já para não falar da finta aos jornalistas (foi na mesmíssima altura que o ... Vieira, presidente do Benfica, lá esteve também internado), que nos tentavam entrevistar de 5 em 5 minutos, até perceberem que nós não tínhamos nada a ver... - aí umas 2 semanas bem puxadas. Aliás (se não fosse a situação que era, até teria piada), porque houve uns dias em que estava o Eusébio, o não-sei-quantos Vieira, a minha Mãe, e duas (duas!) Tias minhas, tudo ao mesmo tempo num hospital acabado de abrir e deserto.

E tudo isto a propósito de o Eusébio ter feito 66 anos!

8 comentários:

manuel teixeira disse...

Madalena,
Proporcionaste-me um imenso prazer em voltar a ouvir esta grande musica destes grandes senhores que já não ouvia há tanto tempo !
Outro dos LP's que ficou para traz com o ultimo divórcio.
Thanks for the memories.

Fatyly disse...

Realmente se já cansativo e stressante estarmos ou visitarmos familiares doentes, a coisa agodiza-se com figuras públicas.
Enfim há que ter paciência.

diogo disse...

Oláaaaaaaa, dá uma olhada no teu mail.
Bjs

av disse...

Também nunca mais vou deixar de associar o Eusébio à mãe e a esse episódio no Hospital da Luz. Um dia entrei no quarto dele (era mesmo ao lado, e eu já estava ali há horas...) e desejei-lhe as melhoras. Estava sozinho (nem família nem gorilas, não sei porquê), agradeceu e deu-me um sorriso simpático e tímido, que me provou que há pessoas a quem a fama não tem hipóteses de subir à cabeça. Gostei dele. Felizmente, ficou bom.

kiko "fucking" b( de brazil" disse...

pois é, eu FELiZMENTE, NÃO ESTIVE no aniversario do gato, mas sim na casa da madá, nome carinhoso com que trato a minha mulhé, ......
eu estive lá, senti em todas as coisas que tu estavas a olhar para mim, vi o teu gosto na nossa sensação, absorvi( nome russo para absor....) , enfim, aproveitei o teu "marido", nosso amigo, e teu AXÉ, ....
manos da bloguaria, menos escrita e mais passeio, isto é o recreio do nosso descanso...

Gi disse...

Já me ri com a tua história,
meia dúzia de gatos pingados
e um guarda costas sem memória

Olha rimou :)

Um beijinho, noite feliz, eu vou a sorrir com esta comédia da vida real.

Margarida disse...

http://www.youtube.com/watch?v=5-HqGkc_A4o

Deu tempo para você mudar o tema, mas aqui vai. Para si, se bem suponho, apreciadora dos Pink Floyd. Espero que goste. Esta interpretação - uma maravilha! - é um "extra" do DVD "The Dark Side of the Moon" (de facto, um "making of") que, se não conhece, lhe recomendo.

Mad disse...

Manel,
You're welcome.

Fatyly,
Mas esta teria piada, se não fosse pela situação.

Kiko,
Vou tentar lá estar no sábado para vos receber, se me conseguir levantar a essa hora.

Gi, Já te respondi por mail :)

Margarida,
Um espanto, este DVD! Obrigada.