janeiro 25, 2008

Ler


Seis anos depois, a ausência da minha mãe era para mim ainda uma miragem, um silêncio gritante que até então não tinha aprendido a emudecer com palavras.


Estou na primeira página e já estou rendida.

15 comentários:

filos disse...

Eu não te disse Mad que esse livro era maravilhoso! Descobri-o através da Inês, que também é uma leitora compulsiva. Aproveita teres tempo para ler. Entretanto,pensa no assunto do fim de semana, tá?

Carlota disse...

Boa leitura!
E bom fim-de-semana!

Mad disse...

Filos, já estou na terrinha. Diz-me se vens cá, ou eu vou para Marvão.

Mad disse...

Obrigada, Carlota. Aposto que vou gostar.

Alf disse...

Um dos melhores livros que li nos últimos tempos.

Parece que vai virar filme. Na minha opinião dará um filme maravilhoso, mas nestas coisas nunca se sabe...

Melões Melodia disse...

Tambem o estou a ler, mas em espanhol.
E muito bom. Tambem estou rendido.
beijos

av disse...

Rende-te á vontade, mas não me percas o livro...

av disse...

"à" vontade, claro.

Capitão-Mor disse...

Passei para te desejar um bom fim de semana!

Mad disse...

Ana, LOL!

leonor disse...

Adorei este livro.

filos disse...

Mad lê o meu mail, lá explico tudo.
beijocas

Patti disse...

Esse livro "veio ter comigo" (literalmente) em 2006, tal qual como aconteceu ao Daniel Sempere!

Vi logo que ia ser especial....

Já perdi a conta aos livros que li, e leio sempre vários ao mesmo tempo, mas esse foi o ÚNICO que quando acabei de ler, voltei ao princípio e tornei a ler a primeira página............e ainda não sei porquê!!

Leia-o devagar, muito devagar e disfrute-o!

:)

Anónimo disse...

ainda não sou amigo, mas conhecido me vou tornando....tudo passa, tudo fica, mas o que nos trás saudade fica para sempre, tu tens a tua, mas a minha neste momento foi o que tu fizeste aqui, na tua casa...

kiko b(razil) disse...

fui eu que escrivi atrás...
mas o cabrão do computas, saltou...