novembro 08, 2007

Leonardo da Vinci, em Jeri

O ristorante/pizzeria Leonardo da Vinci, em Jericoacoara, do meu amigo italiano Roberto, é, sem sombra de dúvida, o melhor restaurante que eu conheço.

Num dos muitos fins-de-semana alargados que passámos em Jeri, jantámos, como quase sempre, no Roberto. Para entrada, eu pedi um carpaccio de peixe (fatias finíssimas de robalo marinado em mel, limão e pimenta preta, numa cama de rúcula – uma delícia!) e o Diogo e a Rita pediram uns camarões a guazetto (salteados em azeite de alho e salsa e flambeados com cognac), uma receita que o Roberto, toscano de origem, aprendeu com a mãe.

O Roberto, que é um chef de mão cheia (aprendeu com os pais, donos de restaurantes, tirou o curso em Roma, estagiou em Paris e esteve três anos no Japão a fazer uma especialização em sushi), teve um restaurante em São Paulo por 12 anos e decidiu mudar de vida quando, farto de ser assaltado (a média eram duas vezes por mês...) descobriu Jericoacoara numas férias. Mudou-se de armas e bagagens para lá, abriu o restaurante e agora passa os dias a fazer kite surf e a cozinhar. Como também não se dá muito bem com brasileiros, a não ser que sejam paulistas, entendemo-nos lindamente desde o princípio.

Nesse dia, fomos para a cozinha com ele aprender a fazer os tais camarões a guazetto, enquanto ele abria garrafas consecutivas de vinho italiano para nós provarmos, diferentes embalagens de queijos e enchidos e saquinhos minúsculos de açafrão verdadeiro, daquele que custa uma fortuna, para nos mostrar – enquanto eu pensava em quanto ia ser a conta. Mas os pais dele vêem ao Brasil vê-lo duas vezes por ano e trazem-lhe malas a abarrotar de ingredientes de primeira, como azeite, vinho, condimentos, queijos, enchidos – tudo de graça, claro, ou, segundo ele, não seria possível ele ter pratos de categoria a preços tão baixos. Nessa noite ele fechou o restaurante e ficámos lá dentro a conversar e a beber vinhos até às tantas, e como não nos deixou pagar nada, claro que tivemos de lhe mandar mais tarde uma caixa de 40 kg de camarão...

12 comentários:

Alf disse...

Vou já ligar à "esponja" a dizer-lhe que logo à noite vamos jantar ao Leonardo da Vinci!

Que maravilha!

FL disse...

Amiga do meu coração,

Estou de água na boca, a recordar o 1º (e único) carpaccio que comi na vida - DI-VI-NAL!!! Que saudades! Tenho fotos desse jantar, sabias?
Melhor restaurante do MUNDO! Até quando entram sapos pela porta da frente e a Mad foge para as traseiras. LOL

Beijo grande

Sofia disse...

Agora quem corta relações sou eu!!! e ainda falava em mandar postais, qual quê? Fiquei com água na boca e ainda não almocei!
E tenho de me contentar com um bifinho grelhado... ou com as recordações da Perdiz do Botin(ANA, faz inveja também!)...
E já agora o que é que esta humilide jovem te pode oferecer para me dares uns quilinhos de camarão? LOL

beijinhos

kiko b disse...

MARCA JÁ MESA PARA 8 SANTAMAROTOS...MENU ESPECIAL - RODIZIO DE CARPACCIO...
JÁ SÓ FALTAM 72 DIAS...O QUE É ISSO COMPARADO COM 15 DIAS SEM DORMIR A DESCOBRIR A VIDA DO OUTRO LADO...

Mad disse...

Alf, tu não me digas que estás em Jeri, que eu faço-te já uma data de sugestões du best!

Flora, prometeste que mas chutavas há que tempos!

Sofia, HUMPF!

Kiko, tu não tens direito a inveja: vais comer lá daqui a 72 dias. 8? Quem é já que desistiu???

Alf disse...

Num estou, mas num me importaba de estar...

tcl disse...

já estou para aqui a salivar...
com as comidas e com as preguiças que li mais acima...

Ainda vou organizar uma escurçom de blogueiros a jeriwhatsitsname

Fatyly disse...

Há saber tirar partido desses momentos únicos, agradáveis, saudáveis e tão saborosos.
Um beijo ao italiano:)

PS: sim em S. Paulo, restaurante que se preze leva pelo menos 2 assaltos por mês. É dose:(

FL disse...

Did I said "when"? No, right? :-)

Comming soon... I hope!

ana vidal disse...

Hummmm, grande jantar que tivemos no Roberto! Com a jornalista de Madrid quase em coma alcoólico, lembras-te? E aqueles portugueses enjoadinhos, que queriam fazer uma pousada lá. O que nós nos rimos! Mas, sobretudo, o que nós comemos e bebemos!! Tenho que voltar a Jeri...

Mad disse...

Já estava na altura, já... e podias vir com o Alain, ou ele tb tem medo de voar?

rv disse...

Ai, ai... (Sou eu a suspirar)

Beijos, sem mais comentários