março 04, 2009

Porque sim


Não vou falar do meu mau feitio, que nem é assim tão mau como isso, juro. Vou falar do da vizinha, que parece que, por mais que a evite e mesmo que esteja uma semana inteirinha sem a ver, tem sempre uns grunhidos para me presentear. Não suporto gente que está mal com o mundo porque sim, com aquela cara permanente de que toda lhe deve e ninguém lhe paga. Não há pachôrra. Dá logo vontade de dizer vai mas é trabalhar, que o teu mal é... ócio. Bebam, droguem-se, vão fazer voluntariado, ponto cruz, ginástica, arranjar o jardim, compras. Mas não chateiem os outros porque sim.

.

11 comentários:

MariaV disse...

Atão??? Ainda outro dia estavas tão gira e hoje já estás assim, de lenço e tudo, e tão envelhecida? (Tem paciência... Se calhar, a vizinha é dos 20 e tal % dos portugueses que se acham infelizes, porque sim.) Não ligues, há gente para quem aquela cara faz parte da encenação, vá-se lá saber porquê...
Beijo

Pedro Viegas disse...

... e aquelas que nos fecham a porta na cara, quando estamos mesmo atras delas... das que grunhem por tudo e por nada e porque sim.
Desprezo MAD, pois não merecem o teu olhar.

JP

Teresa disse...

É aquela a quem o Xuruca foi mimosear com um xixi na porta quando aí fui jantar contigo? :)
Grande Xuruca!

Maria do Desassossego disse...

Amôri... Sabes tão bem como eu que isso faz parte do fado do nosso povo. "Ai coitadinho de mim, que sou um infeliz!!! Porquê? Sei lá... Porque sim!"

Caga nisso! E sorri. Quanto pior for a cara dela, maior o teu sorriso:-)

Beijooooooo

ana v. disse...

Mau... outra vez???

Mad disse...

Rosa,
Não fico tão jeitosa assim de lenço? :)

Pedro,
:)))

Teresa,
Não me lembro. Mas o Xuruca é o cão mais esperto do mundo e deve ter feito de propósito :)

Maria,
Acho um desperdício (para dizer o mínimo) uma pessoa passar a vida inteira a leste das coisas boas da vida.

Ana,
Pois. E cada vez tenho menos pachôrra, aviso já. E não vem que não tem, aí de Sintra é fácil falar!

entremares disse...

... Não é a mão de um nosso muito conhecido político, que enriqueceu subitamente, quando a televisão lhe perguntou se ela não queria dar uma entrevista ?

Fatyly disse...

Há de facto "cuscas" que sempre foram frustadas e dão-se ao luxo de...porque sim.
Não ligues porque esse género existe em todo o lado.

Mad disse...

Entremares,
Podia ser :D

Fatyly,
Já passou :)

Ninuska disse...

Boa boa!!!! É caso para dizer que se o mau feitio pagasse impostos, havia gente por aí que andava toda carimbada...

Eu assino por baixo...no que toca alguns colegas de trabalho!!! Bahhhhhhhh

=)

filos disse...

Claro que percebi a quem te referes! Tem calma, vá lá!
Beijinho