janeiro 17, 2009

Carteira recheada

Começo por dizer que raramente a uso (a carteira, não obrigatoriamente recheada - era bom, era!). Tenho várias, de cabedal, lindas, às cores, boas, caras, baratas, há de tudo (não de marca, credo, que não há tempo nem vagar para isso, já para não dizer que mais depressa compraria uma saco de viagem caro que uma carteira).
Mas uso-a de vez em quando, quando a ocasião o exige, quando as minhas irmãs vão estar presentes (e me chateiam até ao tutano porque "tu isto e mais aquilo e mais não sei o quê" e aaaaargh!), etc.
Acabei de comentar num blog sobre isto. Duas vezes. Na primeira disse a verdade de agora. Na segunda disse a verdade de quando vivia no Brasil. E porque é que isto é motivo para um post? Pelo recheio que usava no Brasil (e aposto o que quiserem que, se fizesse um concurso outra vez, eu ganhava de caras):
- uma lanterna
- pilhas
- uns 4 canivetes
- uma data de dinheiro em notas pequenas
- uma garrafa de água
- umas cuecas lavadas
- um desodorizante
- uma arma carregada

Também mencionei um cão grande e preto, que, apesar de obviamente não caber na carteira, fez mais do que uma vez com que a arma carregada nunca fosse precisa.

11 comentários:

kiko disse...

prá mim,carteira recheada é sinal de folga..."vai haver desperdicio"...
prefiro não ter, a mostrar que tenho.

Pedro Viegas disse...

Recebi o PRÉMIO DARDOS da Paula http://paula-esperar.blogspot.com, a quem agradeço sensibilizado a distinção.


“Com o Prémio Dardos reconhecem-se os valores que cada blogger, emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc., que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras.
Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os bloggers, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web”.
Este Prémio obedece a algumas regras:
1) Exibir a imagem do selo;
2) Linkar o blog pelo qual se recebeu a indicação;
3) Escolher outros blogs a quem entregar o Prémio Dardos.
Assim sendo, transmito o Prémio Dardos para os blogs abaixo, pelo valor que lhes reconheço:
http://juro-que-tenho-mais-que-fazer.blogspot.com/

Fatyly disse...

Pela descrição ganharias de certeza:)

Joanissima disse...

És, portanto, o que se chama uma mulher de armas!!! (cão incluido...)

: )))

kiss

PKB disse...

Lança-granadas, não?....

Músico Guerreiro aka Melões disse...

umas cuecas lavadas???
Uma arma carregada???
e mais nao digo, ai que medo!
Beijos

Mad disse...

Kiko,
Vê-se mesmo que não leste o post. LOL

Pedro,
Segue post já hoje à noite. Obrigada!

Fatyly,
Não achaste?

Joana,
Yep! E ainda por cima gosto. Herdei duas da minha mãe, mas infelizmente não as posso usar.

PKB,
Credo, não! Era só uma Smith & Wesson canina :D

Melões,
Pronto, pronto, para a próxima escrevo "muda de roupa interior" :)
É que nunca sabia se conseguia voltar para casa no mesmo dia.

anónimo disse...

hummm.. o "diabo no corpo" veio do Brasil!

Rachel disse...

Um par de cuecas lavas é brutal!!!!

Mad disse...

Anónimo,
Quem?...

Rachel,
Num vem que num tem!: era só porque a casa era longe da cidade e apareciam sempre coisas para fazer. Caraças! LOL

anónimo disse...

pois... confusão minha! (vou já tomar as pastilhas!)
:)))