março 07, 2008

Ingratidão

A Família, Tarcila do Amaral

É, quanto a mim, dos sentimentos mais feios que se pode ter. Vi isso ontem, a propósito de alguém que, fazendo parte da família recentemente, não só não aprendeu as regras que nos regem, como faz tenção de impôr as suas e de nos pregar lições de moral. De alguém que não tem a mesma educação e os mesmos valores e que não percebe que o nosso núcleo duro é inquebrável, por mais brigas, insultos e/ou discussões que aconteçam: foi assim que fomos ensinados. Partir do princípio que as intenções de alguém do nosso sangue podem ser questionáveis - quanto se tem provas esmagadoras do contrário -, é também algo que eu, apesar de 8 anos de Brasil que me diminuíram a crença cega na bondade da natureza humana, não aceito.

10 comentários:

AL disse...

Pois é amiga!
Ingratidão é algo que não suporto e acredito que é o que mais se vê e ouve
falar infelizmente......,
porque será que as pessoas são assim??
Um Bom fim de semana.
Beijinhos

Teresa disse...

Também está nos lugares cimeiros da minha lista pessoal de sentimentos mais detestáveis.
Mas os piores de todos, aos meus olhos, são mesmo a inveja (que acho uma coisa negra e peçonhenta que devora o portador por dentro) e a maldade.
Beijo grande, bom fim-de-semana!

av disse...

Ai, ai... até tremo de te perguntar o que aconteceu... quase que advinho. E nem me espanta, o que é mau. Bolas.
beijos

Leonor Barros disse...

Abomino ingratidão.

MariaV disse...

Também não gosto, mas vai com calma...
Beijo

Sofia disse...

Sou tal e qual, detesto ingratidões, porque também não fui ensinada assim. E também tenho um 'núcleo duro inquebrável.'

beijos miúda e olha... tenho-me portado bem!

Fatyly disse...

Quando há provas como dizes...de facto é intolerável.

Não sei ser ingrata, mas já sofri ingratidões, aceitei-as calmamente e sinceramente é para o lado que eu durmo melhor. Com o tempo aprendem e não é que aprenderam?

Tem calma e continua a acreditar - sem crença cega - que existe de facto "bondade humana".

Um beijo

Gi disse...

Costumo dizer que a minha fé é no Homem mas confesso que aos pouco tenho perdido a minha ingenuidsde e aos poucos a minha crença. Acredito no entanto que a bondade e outros sentimentos positivos ainda existem na natureza humana e que os precisamos de cultivar mal grado existam outras quantos negativos que lhe fazem frente. A ingratidão , embora não sendo dos que mais abomino é sobretudo dolorosa e compreendo a revolta de quem se sente de certa fforma injustiçado ao ser alvo dela.

Um beijinho para ti, não conhecendo os detalhes apenas posso generalizar e por isso te digo, não valorizes. Releva.

Outro beijo

Capitão-Mor disse...

Todas as famílias têm os seus esqueletos no armário. A tua não será melhor nem diferente das outras...
Uma boa semana para ti!

LeniB disse...

A ingratidão faz parte de seres mesquinhos, que não suportam ver a gratidão que certas pessoas nutrem umas pelas outras...simples.