janeiro 18, 2008

Para ti

Sei que me vais ler ainda hoje. Não vou nem dizer que estou a morrer de saudades tuas, porque tu sabes que isso é quase idiota de tão óbvio (tu conheces-me). Tenho saudades de ti, dos teus abraços, do brilho dos teus olhos incríveis quando olhas para mim, da largura do teu sorriso e das lágrimas que ele a custo substitui quando me revês depois de uma separação, por mais curta que ela seja. Pesa-me saber-te aí sozinho no mundo, enquanto eu estou cá, rodeada por quem nos devia estar a rodear aos dois. Não é para sempre. Assim que puder estou aí. Mas tu sabes que não é fácil.

14 comentários:

Capitão-Mor disse...

O rolo da massa está à tua espera!!! :)

Bom fim de semana

Ervilha Escriba disse...

Ai, MAD, andas com o amor à flôr da pele e isso afecta o meu cinismo natural. Prejudicas-me!!! :D

Ervi

Mad disse...

Insensíveis!!!!!

Fatyly disse...

Uma declaração de amor tão bela. Parabéns aos dois*********

Sofia disse...

Olha lá mas agora isto virou um blogue sentimental? (Não é por mal, mas adoro!) Olha que eu sou muito sensível (no que eu quero!) e as lágrimas caem logo, logo!

Que declaração bonita, miúda!
Um beijinho para os dois, vocês são o máximo!

av disse...

Oh, cunhadinho... diz lá se isto não é bonito, hein?
Vá lá, baba-te.

Melões Melodia disse...

A tua cara metade tambem esta longe?
Bolas - se for verdade ja sao demasiadas coincidencias!

rv disse...

Ai meu Deus! Mas como é que eu não tinha dado por isto?
Lindo!
E agora depois disto, fico sem jeito para mandar beijos ao Diogo. Também, para que quer ele os que lhe mando, com uma mulher como a prima a escrever-lhe estas coisas lindas?!
Mas eu mando na mesma, um beijinho na testa, de mimo, está bem?

Rosarinho

sem-se-ver disse...

:))

muito bonito, Mad...

Anónimo disse...

Boa amôri, tá lindo. Mas deixa-te de conversas e anda pó pé do Bé. Despacha lá isso e volta para casa que estás perdoada...

Para os que me dizem "tás aí sozinho no Brasil, belas férias, etc..." fiquem a saber que preferia estar com a minha Saidinha no Iraque do que estar aqui sozinho!
Como as pessoas mudam...
Obrigado Saidinha, gostei muito.

Cunhadinha : com a tua irmã babo-me todos os dias...Tenho imensas saudades tuas e muitos parabéns pelas recentes conquistas literárias.

Priminha : beijinhos nunca são de mais, principalmente de uma prima que eu adoro. Beijinhos para ti tb.

Bézes

Mad disse...

Ó Cachucho, tu importas-te de não escarrachapar aqui tudo o que é petim-nom piroso que a gente chama um ao outro? Uma pessoa tem que manter uma imagem decente! Ora a minha vida...

LUV U!

rv disse...

Deixa lá, prima, ninguém percebeu nada dos nomes que vocês chamam um ao outro... Aliás, são completamente impenetráveis. Olha lá e onde foste buscar essa dos "petim-noms"?
Já percebi, se arranjassem petit-noms um para o outro, já não eram tão estranhos.

Ai as horas! Tenho que ir trabuquir. Beijos
Rosa

Flora disse...

Ena... da "Saidinha" e do "Bê" já não me lembrava:-)

Vocês são LINDOS!

Beijos grandes

Mad disse...

Rosa, foi gralha, e não asneira, sim? Ai ai ai!