janeiro 19, 2008

Gosto de frio...

... porque me posso dar ao luxo de provar a colecção de chás da minha tia: o Darjeeling e o Ceylon Blend da Harrods, o English Breakfast Blend ou o Earl Grey da Ahmad, o Lapsang Souchong da Taylors of Harrogate, o Organic Peppermint da Fortnum & Mason, o Turkish Apple Tea da Ali Baba, o Thé des Écrivains ou o des Concubines do Palais des Thés, o Té Nero 'Lemon Honey' dallo Sri Lanka, o Connoisseur Special Blend da Grace Rare Tea Company, para além dos Tropic, Mint, Turkish Black, Orange, Hibiscus, Jasmine (o meu preferido) e Apple Teas, acabadinhos de chegar da Turquia. Mas, na opinião dela, sou uma selvagem: gosto de o beber numa caneca (para lhe poder pôr as mãos à volta) e, sacrilégio dos sacrilégios, com quilos de açúcar!

12 comentários:

tcl disse...

as mãos à volta da caneca acho b3m, agora quilos de açúcar, francamente...

Fatyly disse...

Não sou grande apreciadora de chás mas quando bebo é numa caneca e com resmas de açúcar LOL

Bom fim de semana********

Sofia disse...

O chá que é chá não leva açúcar! Eu não o ponho em nada... mas a caneca cheia e quentinha, para aquecer as mãos e a alma, conta comigo!

Sabes que a mana me deve um Apple tea, só que agora já não deve dar direito a travesseiros... é que a semana passada comi nove em dois dias! A culpa é dela que deu tantos de uma vez...

beijinhos

av disse...

Tudo certo, menos a dona da colecção... que sou EU! A tia só gosta, praticamente, do Earl Grey. Eu é que gosto de variar e de trazê-los de todo o lado onde vou.

E outra coisa que não está certa: a caneca ainda vai, mas beber estes fantásticos chás com quilos de açucar (mesmo um grama que fosse) é um verdadeiro sacrilégio. Não há dúvida, vens uma selvagem lá dos trópicos...
bjs

Teresa disse...

Açucar... NUNCA!!! Uma rodela de limão ou un petit nuage de lait nalguns... tudo bem!

A xícara de porcelana fina (e a forma também é importante, a Vista Alegre não tem a noção da forma da xícara, lamento lamentar) ´faz parte do ritual, se eu estiver à mesa, ou no sofá. Já à secretária... é mesmo na minha querida caneca I Heart NY...

Também adoro os chás do Palais des Thés (o das Concubinas é fabuloso, concordo, e foi o Fleur de Gueisha que me pôs a gostar de chá verde; já provaste o Earl Grey deles, o Thé des Lords? Um assombro! Tão bom como o melhor de todos, o original, o primeiro, que é o da Twinnings). Não gosto dos chás do Harrods, lamento... Muita parra para pouca uva...

Mas o rei dos chás, para mim, é mesmo o Lapsang Souchong. E nunca deixo que um dos meus favoritos, o do Fouquet de Paris, se acabe. Idem para o Tarry Souchong.

Beijo grande.

Teresa disse...

P.S. Açúcar, CREDO!!! Faltou o acento.

Melões Melodia disse...

Adoro cha, mas cha - dos com sabores, so mesmo o earl grey com um hint de bergamota.
e sim em caneca com quilos de acucar.
Beijos

Capitão-Mor disse...

Tea??? Too british for me! :)
Passei para te desejar uma óptima semana!

Estou a pensar fazer uma visita ao Diogo. Quem sabe, dar umas voltas, ver as festinhas e...
Que achas??? Ah,ah,ah!

Mad disse...

Confesso que este post foi um provocação para a Teresa, que já me cheirara ser uma expert na matéria...

Desculpem-e, mas eu cá gosto de beber chá à saloia, digo, à amaricana.

Sofia,
O tal apple tea sabe a xarope e parece ração para gatos!

Teresa disse...

lol

ó sua grande filha de um cabaz de nêsperas!!!
(acento carinhoso)

Expert o tanas! Acontece apenas que adoro chá! Uma bebida inteligente, que suscita em nós pensamentos que são como rendas, uma bebida filosófica, para ser tomada de preferência com um gato ao colo, ou ao lado... (onde ele nos conceder a honra da sua presença).

Beijo.

Sofia disse...

Se sabe a xarope eu não sei que ainda não provei, mas ouvi dizer que é afrodísiaco... por isso...

beijinhos

p.s. olha lá, o que fizeste à janelinha de comentários? esta nõ dá jeito nenhum

Maria do Consultório disse...

Eu é mais maçã e canela!
Para o AVC da Teresinha!