julho 09, 2007

Coisas que absolutamente a-d-o-r-o (1):

Pequeno-almoço (leia-se: uma caneca de café e um cigarro aceso) na cama;
Uvas e nêsperas descascadas;
Lençóis de linho numa cama de colunas;
Duzentos beijinhos seguidos;
Darem-me flores;
Feiras, barracas e afins;
Passear de barco à noite na barragem de Sta. Clara;
O mar;
Tudo que é de vidro;
Os meus bichos;
Que os meus cães me lambam os pés;
A minha casa em Portugal;
Portugal;
Livros de cozinha;
Italianas (estou a falar de café);
Começar a ler um bom livro e saber que ainda me faltam 300 páginas para acabar;
Pink Floyd, Barclay James Harvest, Supertramp e Genesis aos gritos;
Ouvir o melhor álbum de todos os tempos, “Ella sings Brazil”, às escuras;
Ouvir reggae numa praia ao fim da tarde;
Caetano, Bethânia, Norah Jones ou Desree quando estou neura, Paco de Lucía ou Amália quando estou nostálgica e Fleetwood Mac ou Sade Adu quando estou saudosista;
Salada de polvo e vinho branco estupidamente gelado, no Meco com a Kika ao fim da tarde;
Os fins-de-semana de Inverno na Zambujeira;
Os acampamentos – fogueira, marisco, delírios alcoólicos da Kika, piadas do Gonçalinho e tachadas de massada de peixe mais jarros de caipirinha aos pares feitos pelo dono do Aqui Há Peixe incluídos – na praia da Comporta;
Os fins-de-semana calmos com o Zé e o Luís em Marvão;
Whisky, sangria e gin tónico;
Favas com chouriço preto e scones feitos pela Rosa;
Salmão fumado com pão, manteiga e limão ou Camembert à Bulhão Pato (!) da minha sogra;
Os meus copos de biquinhos de todas as cores que trouxe quase às costas para o Brasil;
Ter fluidez na minha escrevinhice;

(a continuar)

1 comentário:

FL disse...

Linda,

Não vou ser chata e fazer um chinfrim porque não fui citada em NENHUMA das coisas que A-D-O-R-A-S!

Deste-me um sorriso fantástico ao imaginar-te com os copos no lombo!

E levaste os de vidro? Tansa! Há uns de plástico, iguaizinhos. Pirosissimos de tão giros que são.

Mas esses devem ficar a matar no teu alpendre:-)

Beijos embrulhados em abraços