abril 27, 2009

Quem anda a matar árvores?


Agora em Alcochete, há dois meses no Montijo. Alguém anda a injectar ácido em furos cuidadosamente feitos em plátanos centenários. Custa-me a crer que ninguém saiba de nada, ninguém tenha visto, ninguém saiba quem foi. Fazer furos, injectar qualquer coisa e depois tapar esses furos cuidadosamente em dezenas de árvores é coisa para levar o seu tempo. E ninguém viu nada? 

Quem terão sido os vândalos, para não lhes chamar coisa pior (tal como burros, anormais, selvagens, fdp, #$%&%$#$, etc)?
?

30 comentários:

Maria Feliz disse...

Que cena doida??!!! Qual é o objectivo? Que parvoeira:(

Alexandra disse...

Bem... Fiquei chocada!

Músico Guerreiro aka Melões disse...

Anormais...
By the way, essas belas arvores da foto sao no jardim da cordoaria no Porto :)
beijos

DIABINHOSFORA disse...

Há doidos para tudo! Já não bastava os incêndios para dar cabo do nosso património verdinho!?

Filipinha disse...

Estas coisas deixam-me doida!!! Será muito mau eu não acreditar que ninguém sabe, que ninguém vê...??

Fico mesmo com pena... Vivi 4 anos em Alcochete e acho que e um sítio fantástico. A Urbanização desenfreada foi-lhe retirando parte do encanto se de repente fica sem árvores... Será que vão substituir o espaço das árvores por mais betão?

C disse...

Que tristeza! Oxalá os apanhem e façam justiça pelas próprias mãos, assim do género... humm... injectar-lhe o mesmo ácido naquele buraquinho que todos sabemos e tapá-lo... Eh pá! Desunhamnos dum raio!

Fatyly disse...

Alcochete e Montijo? hummmm já nada me espanta neste país e possivelmente essas bestas destruídoras devem estar a ser pagas a peso de ouro, mas não estarão relacionadas com as megas-obras previstas para este pequeno país?

Li os dois artigos e realmente é tudo muito estranho...ninguém ver nada e não saber nada? os estão os investigadores? enfimmm

Gi disse...

A maldade tem muita imaginação :-(

Mad disse...

Não percebo qual é o propósito. Pelo menos no Montijo as árvores estão num passeio construído e recente, e não em terrenos para futura construção. Houve um idiota (no vídeo no link) que diz que "aquilo suja a rua toda" ou parecido. Cambada de bestas. Em Alcochete, que é um sítio lindo, não sei.

Miss Kitty disse...

Que horror! Há pessoas mesmo estúpidas!!

BJS*

Sunshine disse...

Há gente capaz de tudo, espero que os apanhem e que tenham uma penalização bem pesada.

Bjs Mad.

PS. Aquelas "revoluções" lá mais abaixo... ui ui :)

Mad disse...

Sunshine,
Eheheheheh!

Diabba disse...

Hummm não será serviço das próprias Câmaras? Sei lá com que motivos escusos, alguém compra e alguém vende árvores, e há empresas de jardinagem contratadas para esses serviços...

enxofre

Iris R. Costa Barroso disse...

Mas qual é o objectivo?!

Não há avisos da câmara? Não é um tratamento?

O que se pode ganhar em inserir ácido em árvores?

Não entendo!

a.leitão disse...

Liberdades de Abril(!)
Alguêm se esqueceu de ensinar ao pessoal o significado da palavra e agora com a Educação que vem do ministério...
Mais cedo ou mais tarde acaba tudo à chapada.

Mad disse...

Diabba,
Parece-me uma solução rebuscada demais. E não se viu ninguém, o que quer dizer que foi feito de noite - ora os jardineiros da Câmara não trabalham de noite.

Íris,
A opinião geral é que é vandalismo puro ou ignorância misturada com uma grande dose de egoísmo. Porque as árvores sujam a rua, as varandas dos prédios ou a esplanada.

A.leitão,
Nem tudo é culpa do 25 ou do Ministério de Educação, que não é responsável por ensinar civismo às pessoas... não exagere :)

Alexandra disse...

Sempre muito sensata, Mad!

Como gosto de te ler!

Beijinho

diogo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mad disse...

Alexandra,
Sensata, moi? Tás a gozar!

a.leitão disse...

Mad
Diga-me de quem é a responsabilidade de "ensinar" civismo?
Os Pais?
E quem é que ensinou os Pais?
Acredite que a melhor maneira de ter-mos algum(!) civismo seria "obrigar" os Pais a regressar a uma escola exigente e competente.
A única matéria prima que Portugal tem são as Pessoas. Onde é que se trabalha essa matéria prima? Pelo que vamos vendo não há um local capaz.

Alexandra disse...

Sem dúvida! Se bem que depois desta é bem capaz de te saltar a tampa! ;-)

Mad disse...

a.leitão (tem primeiro nome?...),

Obviamente dos Pais. A mim quem me ensinou foram eles, e a eles os deles. A escola ensina a ler e a escrever (e hoje em dia pouco mais).

Alex,
Nunca me salta a tampa porque eu sou uma Senhora (mas muito aldrabona!). Eheheheh!

Mad disse...

Alex,
A coisa que me faz saltar a tampa num instantinho é um discurso idiota aliado a um ego inflado como os do nosso amigo feérico. Pouco mais.

Alexandra disse...

:-)

Como disse, sensata!

atma atom disse...

Bem haja por denunciar o que representa, na verdade, um crime ecológico!

Como há pessoas que não sabem respeitar o próximo, fizeram o mesmo às minhas árvores, dentro do meu próprio quintal, ao ponto de me forçarem a abandonar a casa:
http://gato7escaldado77.blogspot.com/

http://dreary-atom.blogspot.com/

Penso, com tristeza, que devem estar em jogo pessoas com problemas psicológicos graves que manifestam através da necrofagia.

Parabéns pelos seus blogs
'suculentos' e desenfadados.

Jé levo uma receita :) e voltarei.

Um abraço e muita força.

atma atom disse...

Sei, Mad, sei...

Infelizmente, as viúvas de carácter forte e independente que não se deixam colonizar por machistas merecem este tratamento em Portugal.

Muito obrigada pela sua visita e pelo seu reconhecimento.

Um abraço.

Mad disse...

Atma atom,
De nada. Volte sempre :)

Paulo disse...

Estava aqui a pensar, Mad, escrevo, não escrevo, sabes que fico com urticária quando ouço ou leio certas coisas, e decidi meter o bedelho.

É só para dizer ao Sr. a.leitão que há milhões de pessoas civilizadas por esse mundo que cresceram com as liberdades de Abril, ou outras, e não andam a matar árvores. Existem países que têm tradições democráticas muito mais antigas que as nossas e sente-se, aí, um maior respeito pelas árvores, pelos bichos e pelas pessoas. Convém também termos em conta que muitos pais cresceram sob a repressão bafienta que alguns tanto exaltam. Parece-me que a origem da falta de civismo e de conhecimento está bem mais para trás.

Angelblue disse...

Aiiii o que eu me contí agora MAD. Juro que o fiz e não vou falar de todo sobre o papel da escola e o dos pais no desenvolvimento civico das crianças e jovens, até porque quem anda a fazer este tipo de coisas às árvores, é bem crescidinho e sabe muito bem destinguir o bem do mal. Acho que não precisamos dos nossos pais nem dos nossos professores, para como adultos sabermos o que está certo ou errado, francamente.

Mad disse...

Meu anjo,
Tu podes meter o bedelho aqui quando quiseres. Aliás, deves.

Angelblue,
Exactamente. Quem fez aquilo sabe muito bem porque o fez. E não é criança nenhuma.