fevereiro 20, 2009

Praça da Figueira online


Do fim-de-semana de 5 dias fan-tás-ti-co que passei ao sol à beira da barragem de Santa Clara, do que se comeu e bebeu, dos passeios de barco de manhã e à tarde, das sestas, de ter por companhia uma amigalhaça de há anos com quem não conversava decentemente há uma década, de, com a saudade que eu tinha de cheirar/mexer/dar biberon/vestir/mudar a fralda a um bebé pequenino, ter a Bicas nos braços (uma santa, dá vontade de a beliscar para ver se sabe chorar!) durante o fim-de-semana todo, vos falarei depois.

Hoje estou irritada com a presunção, burrice e falta de chá de um certo blogger, que eu até lia de vez em quando, que fez uma crítica - de alguma pertinência, diria eu - mas, quando levou o troco, em vez de assumir que poderia levar com uns alhos na cabeça (quem não se sente não é filho de boa gente, sempre ouvi dizer) e manter a coisa num nível educado, se espalhou ao comprido quando partiu para as ofensas pessoais e vulgares típicas de quem ficou sem argumentos. E eu, parva, fui meter-me ao barulho (que mania), mas agora a coisa já passou da Praça da Figueira para baixo e já perdeu a graça.

Já para não falar que estas críticas dirigidas a blogues de grande audiência (botem grande nisso) tresandam a dor de cotovelo e a caça ao público. Ora se o autor (cujo nome de blogue o define, diga-se de passagem) até se deu ao trabalho de deixar links noutros blogues... aaaaargh!

PS - Não contem comigo para fornecer links da peixeirada. E se alguém os puser aqui, apago-os.
.

22 comentários:

Paulo disse...

Conta-me ao ouvido. No outro canal, vá.

Maria do Desassossego disse...

Me informa, vai! ASAP.

Eu juro que não conto nada a ninguém:-)

Beijo

Mad disse...

Cuscos! LOL!

Xívico Anacleto disse...

Ejxelentíxima Menina Dona Mad:

Uânxe a leidi, ólueij a leidi!

Xó num me parexeu lá muito bem a Menina, Menina Mad, ter-xe metido ao barulho.

Xe precijar de uma ajuda do braxo da Autoridade, num hejite em dijpor de mim (mejmo longe, continuo a fajer o meu nétuorquíngue).

Paxíficoj e rejpeitojoj cumprimentoj do
Xívico Anacleto, o boxo guarda predilecto!

Diabba disse...

Oh vá... e por mail? Eu vou lá, cusco, e bazo sem deixar rasto... oh anda...

enxofre

Alguém disse...

Isso de as pessoas não assumirem quando não estão totalmente certas é o pão nosso de cada dia, infelizmente.

É deixar de ligar porque é difícil mudarem.

beijinho

PAULO LONTRO disse...

Não entendi nada... se calhar foi melhor, afinal sou novinho nestas coisas e isso tem o seu lado bom.
:)
Falhei os parabéns a alguém?
Se sim, ... PARABÉNS ! ;)

Miss Kitty disse...

Tens tooooooda a razão! Mas agora fiquei curiosa... Onde é a peixeirada? lol

BJS*

Carlota disse...

Nunca tinha ouvido falar de um e nunca tinha estado no outro.

Fatyly disse...

"presunção, burrice e falta de chá" é o que existe mais e ficares irritada por isso?
Sabes Mad por acaso não te apareceu a conta da luz, da água, do gás, disto e daquilo e de mais acoloutro?:)))) era o que me faltava vir aos blogues e ligar a peixeiradas. Quando tentam, respondo e se chegam ao Terreiro do Paço, mando-os para o silêncio... aiiiiiii o que eu me ri com a foto!!!!

Um bom fim de semana e toma lá uma beijoca

Mad disse...

Cívico,
Depois de me meter tb não me pareceu lá muito bem, mas a carne é fraca...

Diabba,
Querias!

Alguém,
Infelizmente é muito difícil aceitar uma crítica. E falo por mim, que tenho péssimo feitio.
Bjs.

Paulo,
Deixa, já passou. Obrigada!

Miss Kitty,
... :)

Carlota,
Não perdeste muito.

Diabba disse...

Já descobri quem é a "vitima" do tal sr. (com letra minúscula, como costuma o Cívico dizer do Tarado hihihihi), o gajo é que ainda não descobri quem é... ohhh vá lá, pias a bem ou é preciso aborrecer-me?? (afiando o meu melhor tridente)

enxofre

Rafeiro Perfumado disse...

Devo andar com a vida um bocadinho para o triste, porque foi dos momentos mais altos da minha semana, assistir ao despique entre o coiso e a coisa! E nem imaginas o que tive de me controlar para não me meter ao barulho...

PKB disse...

Tive conhecimento através de outras fontes fidedignas que permanecerão sob o anonimato... é triste haver peixeiradas dessas. Prefiro BOBAS em que me atribuem danças malucas num varão eheheh :p)

(o pior dessas peixeiradas, é ligar-lhes importância.)

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

LISBOA = PORTUGAL

Olá Mad

Cheguei aqui – e gostei. Um bom blogue. Muitos parabéns. Vou voltar e, se possível, seguir. Se quiseres fazer o mesmo – e os teus correspondentes também – muito agradeço. Estou a «coleccionar», com muito boa intenção, muito prazer e muita honra, Seguidores.

Hoje, porem, quero informar-te que tenho postada no meu blogue a história macabra de um tiro que deram no meu neto número dois, o Rodrigo que vai a caminho dos 13 nos. Permito-me fazê-lo para alertar as pessoas e tentar evitar que lhes sucedam estórias inqualificáveis como esta. Desculpa-me a chatice, mas é com boa intenção, como compreenderás.

Na quarta-feira 17, ele ia a sair da escola pelas quase três da tarde. Uma ferrada. Fora um chumbo de um tiro de pistola de ar. Ambulância, hospital, radiografia, depois uma TAC, tinha o pequeno projéctil alojado no lado esquerdo do pescoço. Os médicos decidiram não o operar, pois que a posição do projéctil não aconselhava a intervenção. Estava – e está – muito próximo da jugular. e do organismo o rejeitar, expelindo-o. Felizmente, ele está bem. E dizem que foi uma «brincadeira» de Carnaval. Estúpida e criminosa, digo eu.

Qjs = queijinhos = beijinhos

Maria Manuela disse...

Olha já fomos duas... Esta mania de me meter onde não sou chamada só porque tenho a mania de ir em socorro dos oprimidos... Serviu-me de emenda. Esta blogocoisa anda estranha e eu sem paciência para pregões de "Olhó peixe fresquinho!!!"

bj

Bruno Fehr disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Alexandra disse...

Mad,

Cheguei agora a casa e ainda passei pelo email.

Dexa-me dizer-te que é uma peixeirada lamentável mas também é a minha vez de te felicitar. Estiveste muito, muito bem.

Hilariante!

Era um blogue que até costumava visitar mas que sinceramente nao voltarei a por lá os pés. Nunca porque o senhor não gosta do Pipoca Mais Doce, mas porque nem sequer sabe levar e ter uma boa discussão.

É incrível o baixo nível, a forma como quando fica sem argumentos parte para o insulto e responde (pasme-se) com algo que não tem nada a ver com o comentário. Basicamente o "senhor (que de senhor não tem nada) só ouve a sua própria voz. Tanta volta que dá que se contradiz em cada linha que escreve.

Apenas me faz lembrar aqueles miudos muito mimados que têm que ter o que querem, a razão e a última palavra.

Lamentável alguém que diz que preza a discussão de ideias mas que assim que recebe qualquer comentário (sobretudo os que pautaram apenas pela discussão de ideias, sem qualquer insulto)parte imediatamente para o insulto.

Tem o ego inflamado e uma cabeça do tamanho do mundo e, por mais que vontade dê de o "colocar no lugar (ou gozar, porque ele não passa de uma piada triste), parece-me que o melhor mesmo é nem por lá os pés.

A frustração que vai ali naquela pessoa. É o maior do mundo, só pode... É mesmo daquela gentinha que nos tira do sério e faz rodar a baiana. Aliás, vou lá deixar um comentário, nada ao meu género, mas eu não aguento, não me seguro, mulher! :-)

Beijinho

P.S.- Mil vez blogues light, cor-de-rosa, cor-seja-lá-do-que-for, mas com gente educada, que sabe ter uma boa discussão. Lá está "que sabe". Eu que adoro o Controversa Maresia, odiaria estar na pela da Sofia Vieira, ali referenciada.

Mad disse...

Diabbinha,
:)

Rafeiro,
Tiraste-me as palavras da boca: precisamos urgentemente de uma vida mais preenchida, é o que é.
Mas há muito tempo que não me ria tanto :)

PKB,
Não é nada triste, é de morrer a rir. eheheheh

Henrique,
Bem-vindo. A história do seu neto é impressionante, e ainda bem que tudo acabou bem. Volte sempre.

M&M,
Já a minha Mãe dizia que eu tinha tendência para a chinela :) Eu cá diverti-me imenso.

Alexandra,
As respostas dele aos comentários (que ele claramente não percebe e a que tenta desesperadamente responder com palavras caras, psicanálise barata e a meter invariavelmente os pés pelas mãos) são do mais hilariante que tenho visto na blogosfera. As ordinarices são uma pena, se não fosse por elas dava-lhe um 20. Nota-se que ando um bocadinho entediada, não nota? :)
Bjs.

João disse...

Olá Mad

Também vim cá dar-te os Parabéns pela intervenção. É um bocadinho triste felicitar alguém só porque tem bom senso, mas como são tão poucos.. têm que ser destingidos.

E eu, que tanto apreço tinha pela Sofia Vieira, também não percebo como não exigiu logo que o seu link fosse retirado ali do meio.
Fica-lhe um bocadinho mal.

Talvez este episódio todo seja daqui a uns anos, alvo de um caso de estudo. Começo a acreditar que isto dos blogues pode tornar-se perigoso. Talvez o rapaz seja o primeiro caso de um "Doença dos bloggers loucos" ou algo assim. Uma espécie de autismo blogoesférico.

Deve ter uma vida muito infeliz e incompleta. E depois é obcecado pelos outros dois. Talvez o rapaz precise de ajuda, não sei.

Talvez o minúsculo cérebro dele acabe dentro de um frasco. Talvez.

Bruno disse...

Acompanhei a discórdia de fio a pavio. Este indivíduo, também conhecido por plagiar textos e apresentá-los como investigações da sua autoria, é conhecido e nas discussões em que participa ditam-se apenas três regras:

- eu argumento; tu argumentas; o plagiador fica com a razão.

- quando alguém tenta insistir e lembrar que há argumentos que são evidentes, o plagiador insulta...

- Qualquer coisa que digas... o plagiador fica com a razão...

O indivíduo é um poço de contradições: critica tudo e todos mas não quer ser criticado. Queixa-se de que houve um movimento dos "amigos" da outra bloguer contra ele... Quando ele e os seus amigos fazem exactamente o mesmo, mas numa forma insultuosa, básica, de conotação pessoal.

Mas tudo espremidinho daquele indivíduo nada sai. É um citrino seco, sem gota de suco. É um mercenário da língua, dispara calinadas a cada frase, erros ortográficos, gramaticais, mas julga que tem razão até nos aspectos mais primários.

Faz-me lembrar aqueles vendedores de carros usados, que tentam convencer o potencial comprador de que aquilo é uma grande máquina, extremamente cuidada, quando está à vista de que é um "chaço" e de não aguenta duas voltas ao quarteirão.

Mas mais graves foram os vários PLÁGIOS que fez, e que mesmo depois de desmascarado não soube assumir e preferiu atirar areia para os olhos dos seus seguidores e partir para o insulto pessoal de quem o denunciou...

Mad disse...

João,
Obrigada :)
Quanto à Sofia Vieira, não acho nada que lhe fique mal, teve foi azar. E agora que eu o descobri é que acabaste com o teu blogue, bolas.

Bruno,
O peixeiro deve ter 1,20 de altura e ter os dentes podres, só pode. E nem deve precisar de formol para lhe conservarem o cérebro, tanto vinagre destila. Faz pena.