dezembro 23, 2008

Natais passados


Quando eu era miúda, havia três festas de família que eram o ponto alto do ano: o almoço do dia de Natal, o almoço de Ano Novo e os anos do tio João, em Maio, se não me engano (porque estava sempre bom tempo).
Todos eles eram feitos na Texuga, a fantástica quinta dos meus tios João e Gitú. Reunia-se a família toda, mas toda mesmo, à volta da mesa - e éramos muitos. Chegávamos de manhã, logo depois da missa, para um almoço que variava conforme a ocasião (se era Natal era perú, no Ano Novo não me lembro e nos anos do tio João eram perdizes quase de certeza), mas que incluía obrigatoriamente os famosos bolo de nozes, pudim de ovos e toucinho do céu da Gitú, que, além de muito bonita, era uma cozinheira de mão cheia.
A tarde passava-se nas brincadeiras, a jogar às escondidas e a subir ao Pinheirão, um pinheiro centenário (quatro de mãos dadas não lhe abraçávamos o tronco), a dar milho aos patos e às galinhas, a apanhar espargos e cogumelos, a passear de burro com o Manteigas ou a andar de tractor com o Zé Casca d'Alhos, respectivamente o caseiro e o tractorista, que tinham uma paciência infinita para nos aturar. Ou escápavamo-nos às escondidas para a oficina do tio João, território absolutamente proibido e por isso mesmo infinitamente apetecível, onde se espalhavam ferramentas, parafusos e uma parafernália infindável de coisas perigosas. Mais tarde, refugiávamo-nos na sala do primeiro andar a fumar às escondidas cigarros exigidos - ou fanados - aos primos mais velhos, que estavam lá pela mesma razão.
A tarde estendia-se para a noite quase sempre e comiam-se outra vez as delícias do fogão de lenha da cozinha enorme. E à noite, com frio demais para estar cá fora, sentávamo-nos à volta da lareira, no chão, enquanto o tio António tocava viola, o meu pai guitarra, e a tia Margarida e a minha irmã Ana (ah pois!) cantavam fados.
E isto tudo - estou saudosista, hoje - para vos desejar um EXCELENTE NATAL.
.

4 comentários:

Diabba disse...

(olhando de soslaio para a bola de cristal).... hummm...hummm no mínimo mais 2Kg! incha!

hihihihihi

enxofre natalino

Pedro disse...

:) Feliz Natal :)

Maria do Desassossego disse...

Amôri :-)

Também para vocês!!!!!
Beijos

Fatyly disse...

Recordar é viver e que continues a ter boas recordações. Feliz Natal para ti e todos os teus!