dezembro 07, 2008

Jantar de Natal das Mega Gaijas

Ontem foi o jantar de Natal da ala feminina do grupo de Oeiras e eu fui, pela primeira vez. Foi divertidíssimo e muito bem organizado, outra coisa não seria de esperar da Ana e da Rita. Éramos 18 e seríamos mais, se não faltassem algumas. Jantámos no Cozinha 16 (muito bem, diga-se de passagem) e acabámos no Jezebel, até às seis da manhã. O Miguel, dono do restaurante, disse que se fartou de deitar comida fora, mas que íamos acabando com a garrafeira (quem manda o vinho ser à discrição?!). Este grupinho é de munto alimento, if you know what I mean.

Como sempre, o jantar tinha regras. Devíamos levar qualquer coisa na cabeça (apareceram desde árvores de natal com meio metro de altura até corninhos de diaba) e comprar um presente para a troca com o tema "fetiche", o que rendeu boas gargalhadas. A mim calhou-me o que podem ver na fotografia da direita. Não são assombrosamente lindas?

Para quem se farta de dizer que não gosta de barulho nem de confusão, tive dose para um mês.

Só um àparte: a moda é uma coisa tramada! De 18 mulheres, pelo menos 12 estavam vestidas de roxo (incluindo eu), o que chega e sobra para me provocar uma alergia séria à dita cor...
.

16 comentários:

Diabba disse...

ahhhhhhhhh então foram à festa?? grunfff importas-te de dizer à amiga que me levou os chifres para fazer o favor de os devolver?? grunfff

Eu sem cornos sou como um jardim sem flores!

re-grunfff

beijo enxofrado

Mad disse...

eh eh eh. Inbejosa.

Teresa disse...

Eu proponho jantar de Natal conjunto das minhas pessoas favoritas na blogosfera: Cangalheiras do Apocalipse + Cell Blog Chicks + algumas por aí colhidas ao acaso (a CoRa fará falta)...

Comprei cornos de rena na Casa a 50 cêntimos. E são de morrer a rir! Depois conto-te o resto da história...
No Colosso toda a gente delirou. Toda a gente... nunca abrange "a mulher do chefe da aldeia" (depois explico), os adjuntos a dizerem que era giro para o jantar de Natal. Aquela Cara-Linda (Bonnemine) não tem sentido de humor, disse logo que o jantar de Natal era uma coisa séria.

DEsculpa, que não tens culpa. Isto foi um desabafo.

Pensa nisso. Vemo-nos todas antes do Natal? O tédio do jantar do Colosso está marcado para 22...

Beijo grande.

Teresa disse...

Sobre o roxo... segue retrato por mail. No mesmo dia, sem combinação (que algumas andam a mais de 40 anos da adolescência), sete mulheres do Gabinete iam de roxo... Falta uma no retrato, tinha saído minutos antes, foi uma pena...

Beijo...

P.S. Chamei-nos «A Confraria da Paixão»

Filos disse...

Sabes que isto das modas é mesmo assim! É um fartar de roxo, embora até fique bem às morenas, como nós!
Beijinhos

Carlota disse...

Roxo?
Jasus! Aonde vão desencantar essas modas?

João Paulo Cardoso disse...

Venho aqui a esta confraria feminina só para dizer a todas as meninas e mulheres deste país que comecem a vestir outra cor, por favor.

Seguir modas está a tornar-se doentio!!

Se para o ano disserem que a cor da Primavera-Verão é preto com bolinhas vermelhas e verdes, desata tudo a vestir-se dessa maneira?!

E se a moda ditar que andem só com soutiens durante o Verão?

Bem... esta já não tenho nada a opor.

Beijos.

Diabba disse...

Quanto à proposta da T para jantar:

Tal como a Mad sou avessa a grandes ajuntamentos! (note-se que até houve a ameaça de "+ algumas por aí colhidas ao acaso") deve querer uma festa tipo casamento cigano deve...

beijo enxofrado

Teresa disse...

P.S. ADENDA IMPORTANTE (na verdade são duas):


1. No retrato todo em roxo da "Confraria da Paixão", o meu casaco (chamávamos-lhe gilllet, lembras-te) é da defunta Sidney e foi comprado em 1989...


2. Diabba,
Bem sabes que também não sou adepta de grupos grandes... :)

Mad disse...

Diabba,
Ai de ti se não vens! Não é propriamente um ajuntamento, no máximo serão dez ou doze pessoas.

T.,
1989??? Bolas, que tu sabes poupar roupa! Já te vi com ele vestido e parecia acabadinho de comprar.

Mad disse...

Filos,
Nunca, mas NUNCA mais visto roxo. E o meu casaco não era roxo, era lilás, cor de que sempre gostei, mesmo antes de ser moda, e de que continuo a gostar imenso. Roxo Senhor dos Passos não tenho nada e nunca vou ter, que isto de ter crescido com dezenas de tias-avós marcou-me para sempre.

Carlota,
Devia haver um grande stock algures num armazém em Paris...

JP,
E se fôr uma moda de usar soutien roxo com bolinhasvermelhas e verdes, importavas-te? Também me parecia que não.

Músico Guerreiro aka Melões disse...

Entao as meninas vao todas jantar? Dez ou doze ja e um "ajuntamento" consideravel.
Mad, quando te referias a foto da direita falavas das asas ou das algemas (ou la o que e aquilo)?
Beijos

Mad disse...

Melões,
Das asas, obviamente.

(tava a ver que ninguém comentava...)

Pedro disse...

As asas são mais giras, mas as algemas certamente seria mais úteis...

E roxo, é amor frouxo...

(vou ficar um bocado pela banda sonora, que é boa! ;)

Pedro disse...

*seriam

Mad disse...

Pedro,

*toda a gente percebeu que foi gralha :)

E isso depende de quem as usaria!