março 12, 2008

SMS recebido hoje de manhã:


Atão? Já tás boa cumó milho, não? Mas não te esqueças que eu eu gosto de ti de qq maneira. LUV U.


Roam-se.

8 comentários:

João disse...

Olá Mad!Quando ouço alguém, a dizer uma coisa desse tipo, penso;será que o milho tá maduro e pronto a comer eheheh ou a preferência vai para a espiga!? eheheh
A toda a força para a dieta, ainda bem, que se gosta de uma pessoa, seja qual for a aparência.
Prazer

Sofia disse...

Simj senhora, 'titia', muito romântico!
Beijos

João Paulo Cardoso disse...

Nunca percebi essa comparação do "boa como o milho".
Quem a terá proferido pela primeira vez? Um agricultor bêbedo numa patética tentativa de ser poeta?

Porque não boa como a marmelada? Sempre dá mais vontade de comer a seguir...

Beijos.

Su disse...

Pois, mas com a marmelada não ficamos boas... ficamos bolas...
O sms foi um amor, mas não percas o foco e afasta-te da Piriquita!

Fatyly disse...

Já me roiiiiiiiiiiiiii:)

Teresa disse...

Tão querido! Que ternura!

É bom que ele goste de ti de qualquer maneira, mas também é bom que tu gostes de te ver no espelho, não é verdade?

Sobre o boa como o milho que aqui está a ser contestado: agora não tenho tempo, mais logo venho aqui deixar-te um link. Fica prometido.

LOL

Teresa disse...

Afinal foi fácil. Veio isto que escrevi na Gota, aquando de uma daquelas revoadas de prémios (nunca aceitei nenhum) que ciclicamente percorrem a blogosfera. Era o Prémio "Blog com Grelos":

«(...)o conceito do prémio até é interessante, admito. Contudo... não. Acresce o próprio nome do prémio em si - pelo qual tenho invencível repugnância na conotação obscena. O pobre vegetal não tem qualquer culpa, é certo. Lembrei-me irresistivelmente de um muito antigo e divertidíssimo artigo de Miguel Esteves Cardoso no seu fabuloso A Causa das Coisas, que explora de modo hilariante as estranhas associações que os portugueses fazem entre a sexualidade e a alimentação. Leiam, que vale a pena: está aqui:»

http://teresa.leandro.googlepages.com/fruta

Vale mesmo a pena.

Teresa disse...

Para melhor compreensão, o post em que tudo isto está e em que casco valentemente nos prémios (com este ainda fui suave, o pior foi o seguinte) é este:

http://gotaderantanplan.blogspot.com/2007/07/durante-minha-ausncia-pontas-soltas.html