outubro 02, 2007

Sinto-me oficialmente microscópica

Nada como a gente se pôr nos sapatos dos outros (literalmente!) para nos reduzirmos à nossa insignificância de vermes que não sabemos a sorte que temos.

Hilary Lister, uma inglesa de 35 anos quadriplégica (só mexe a cabeça e o pescoço), já atravessou o Canal da Mancha sózinha no seu veleirinho, controlado por computador e que ela "guia" com um sistema de "sopro e sucção" de três palhinhas. E agora prepara-se para dar a volta à Grã-Bretanha!
Quando fôr grande quero ser igualzinha a ela.

5 comentários:

angela disse...

como dizia o outro "os limites são do tamanho da nossa imaginação"
bjos

ana vidal disse...

Imbrulha, mesmo. Ganda mulher! E a gente queixa-se...

Luis disse...

Acho que está bem, acho que está bem. Faz-me um bocado de confusão essa do sopro e da sucção, mas lá está ... cada um!

manuel teixeira disse...

É um feito digno de grande admiração, mas transcende-me tal determinação e coragem.
Estou certo que jamais seria capaz de o fazer.

(mas estou com o Luis nessa do sopro/sucção...)

pedro sanchez disse...

A determinação não está no físico mas nas grandes mentes. Nem sequer consigo calçar estes sapatos, ficavam-me tão apertados que eu não andaria.
Somos uns preveligiados, muitas vezes mimados, e nem sabemos agradecer o que temos. E contra mim falo que dou comigo queixando-me não sei de quê, de vez em quando.
Bjs, pp.